Pular para o conteúdo principal

Programas de Rádio Na Rede do Juqueriquerê

Pessoal,

Andei dando uma sumida, e aí vai o porquê.

Estou coordenando uma equipe de educomunicação junto ao Instituto Supereco, trabalhando a temática socioambiental com a comunidade. Convidamos a todos a acompanhar os programas de rádio Na Rede do Juqueriquerê, que entram no ar, diariamente, a partir do dia 6 de outubro, na rádio
Oceânica AM, em Caraguatatuba. Quem não mora lá pode escutar a rádio no site.

Os programas estão sendo produzidos por estudantes e moradores do município, que participam das oficinas de educomunicação do projeto Água de Beber, de Comer, de Usar e Conservar... Ciclos Contínuos. O projeto é desenvolvido no entorno do Rio Juqueriquerê pelo Instituto Supereco e conta com o patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Ambiental. Uma das participantes é a pequena Mirellen da Silva Souza, 11 anos (veja foto), que se destaca como "repórter-revelação".

Durante oficinas e encontros semanais, os participantes sugerem temas, criam as pautas desses programas, produzem entrevistas. Cultura, questões que envolvem meio ambiente, cooperativismo e até humor fazem parte da programação, que irá ao ar até abril de 2009. Para os próximos meses, o grupo está preparando radionovelas para mobilizar a comunidade na preservação do rio Juqueriquerê, entre outros.

Anote os horários do “Na Rede do Juqueriquerê”:
Segunda a sexta – 9h55 às 10h
Sábado – 11h45/12h

Gostou? Quer mandar sugestões? Envie para o e-mail
rededojuqueriquere@supereco.org.br. E aguarde, que vamos contar aqui no blog como está sendo o processo educomunicativo de produção dos programas!

Comentários

Sala Verde UFSC disse…
Olá, muito legal essa proposta de rádio em escolas. Aqui na Sala Verde a gente também trabalha com educomunicação, rádio, jornal mural, blogs... Parabéns pelo blog!!
Eduardo S. Vitale disse…
Olá amigo coloque na lista de links se aprovar, muitas graças http://educacaoparapaz.com.br/blog/

e convido vocês:

Programa Cultural Infantil e Links
Entrada franca: Outro Mestre da Cultura da Paz

São Franscisco e os animais

Informações: A Série Heróis da Verdade apresenta os valores espirituais universais, contidos nos ensinamentos dos grandes mestres da humanidade.

Venha conhecer a vida de São Francisco de Assis: exemplo de fé, determinação e amor à Natureza. As crianças poderão ouvir algumas passagens de sua vida, com histórias sobre seu mágico relacionamento com os animais.

Local: Livraria Omnisciência
Endereço: Rua Ibiraçu, 226 Alto de Pinheiros - Próximo ao metrô Vila Madalena
Telefone: 36761997
E−mail: imprensa@omnisciencia.com.br
Horário: 11:00
Cidade: São Paulo
Estado: SP

“Omnisciência lança Coleção Gandhi para Todos e site de Educação para Paz para homenagear os 60 anos da morte de Mahatma Gandhi”

confira: www.educacaoparapaz.com.br
e lista de livros www.omnisciencia.com.br

e +

www.agenda21sp.com.br
www.saieducare.org.br
www.roerich.org.br
www.cartadaterrabrasil.org
Marlene disse…
Muito legal esse trabalho realizado pelos estudantes e moradores do município de Caraguatatuba, na rádio Oceânica. É importante despertar a população para a necessidade de preservação de um bem tão precioso que é nosso Juqueriquere.

Postagens mais visitadas deste blog

Desenhos animados ajudam a trabalhar a educação ambiental

Educomunicação é também fazer a leitura crítica da mídia. E tirar dela reflexões para o dia-a-dia, construindo e aumentando o repertório, também, nos eixos temáticos da educação ambiental. A excelente reportagem Faz-de-Conta de Verdade, publicada na revista Página 22, convida a pensar sobre a abordagem ambiental dos desenhos animados, do clássico Bambi a Bee Movie (a abelha inteligente da foto).

Entre os entrevistados da matéria, uma professora da Eastern Illinois University, Robin Murray, as temáticas ligadas à natureza que aparecem em diversos desenhos são, claro, reflexo de nossa cultura atual, onde a problemática ambiental não sai da mídia. Se passam mensagens positivas e fazem efeito sobre a audiência – a garotada e os adultos, que às vezes gostam mais dos desenhos do que as próprias crianças – há controvérsias. Mas muitos educadores acham positivo provocar uma discussão sobre meio ambiente, especialmente com os pequenos, a partir da audição de um desenho animado na escola.

Como o…

Para falar de meio ambiente com as crianças

Despertar o prazer pela leitura e, ao mesmo tempo, passar uma mensagem positiva sobre a natureza, também com prazer. Isso é possível? Para o músico Tino Freitas, do projeto Roedores de Livros, com certeza...

Escrevi sobre o trabalho voluntário do Tino e mais seis "roedores de livros" em Ceilândia (DF) para um especial de leitura da revista Nova Escola. Postei aqui no blog um pouco sobre seu trabalho de contar histórias, ensinar música e arte... e pedi a eles dicas de leitura que tenham a ver com meio ambiente. Olha só o que o Tino nos mandou:
"Dia desses recebemos o convite da Débora Menezes, que cuida com muito carinho do blog Educom Verde, para escrevermos sobre Literatura Infantil, convidando os educadores ambientais a promover a educação ambiental por meio da leitura. Vale à pena explicar que o nosso projeto, o Roedores de Livros, oferece a um grupo de crianças no entorno de Brasília o contato com os livros. Acreditamos que o contato com a Literatura Infantil é uma i…

Educação Ambiental e Comunicação em UCs: tema de dissertação

No dia 21 de agosto de 2015, finalmente apresentei minha dissertação de mestrado "Comunicação e Mobilização na Gestão Participativa de Unidades de Conservação: o Caso da APA da Serra da Mantiqueira", junto ao Laboratório de Jornalismo Avançado da Universidade Estadual de Campinas (Labjor-Unicamp). Tendo o professor Ismar Soares, do Núcleo de Comunicação e Educação da Universidade de São Paulo (NCE-USP) em minha banca, fiquei bastante feliz com suas palavras indicando que "a Educomunicação passa a contar, a partir desta pesquisa, com um importante suporte bibliográfico para entender a área da gestão comunicativa".

A pesquisa foi orientada pela professora Maria das Graças Conde Caldas, jornalista das antigas que também se debruça sobre a relação entre os campos da Educação e da Comunicação. Inquieta com minhas práticas profissionais de Educomunicação, onde muitas vezes vi essa área resumir-se a metodologias e ferramentas midiáticas de suporte para cursos de Educação…