Educação ambiental no cinema: proposta do EcoFalante

1 comentários

Quem mora em São Paulo terá a oportunidade de assistir dois documentários voltados para a educação ambiental e cultura: dias 15 e 16 de dezembro, às 18h e 16h, a Cinemateca apresenta O Pontal do Paranapanema (clique para ver uma sinopse) e Os Japoneses no Vale do Ribeira e Sudoeste Paulista, produzidos pela Ecofalante. A programação faz parte da 21a. Mostra do Audiovisual Paulista.

A Eco é um grupo de educadores e comunicadores trabalham na fusão das duas áreas, ou seja, promove educação ambiental através de recursos da comunicação. Produzido em 2004, o primeiro documentário é uma oportunidade para ter uma visão diferenciada sobre os conflitos sócioambientais da região do Paranapanema, onde o MST (Movimento dos Sem-Terra) atua há décadas.

Há quem critique o movimento como sendo um “devastador de florestas”. Mas o que documentário oferece é uma espécie de histórico crítico sobre os impactos causados muito antes da chegada dos sem-terra, quando a região passou a abrigar grandes fazendas. Opiniões políticas a parte, é interessante ter uma idéia de como se opera a luta pela terra e como o bioma florestal (no caso a Mata Atlântica) foi se deteriorando nesse interior de São Paulo.

Já o segundo video, Os Japoneses..., foi finalizado este ano e narra a história da colonização japonesa no Sudoeste Paulista e no Vale do Ribeira. Trata-se de uma proposta interessante, que vem de encontro aos 100 anos da imigração, e mostra como essa cultura avançou na região do Vale, que mantém ainda o maior trecho de Mata Atlântica do Estado de São Paulo.

A Cinemateca Paulista fica no Largo Senador Rui Cardoso, 207, Vila Clementino, em São Paulo. A mostra é gratuita. Informações pelo tel. 911) 3512-6111.




1 comentários:

  • Profe Elis disse...

    Olá Débora, passei para ver as novidades e para agradecer as palavras carinhosas deixadas no meu blog. Dizer também da importância do seu trabalho para a conscientização e a busca por uma nação autosustentável e em equilíbrio. Quanto à divulgação que mensionou,
    sem dúvida, pode sim, fico feliz por ter gostado.
    Um abraço

 

©Copyright 2011 Educom Verde | TNB