Educador do ano: um educomunicador

1 comentários
O professor Ismar de Oliveira Soares, coordenador do Núcleo de Comunicação e Educação da Universidade de São Paulo (NCE-USP), recebeu o troféu destaque como Educador do Ano do Prêmio Educare - promovido por uma empresa especializada na produção e distribuição de conhecimento através de conteúdos digitais, a Educartis.

A votação dos finalistas foi realizada pela internet e Ismar contou mais de 30 mil votos. É o reconhecimento de um profissional e pesquisador, que produz conhecimento sobre a conectividade entre educação e comunicação. Entre tantas contribuições, está a sua reflexão sobre como educar utilizando a mídia a favor do aluno - promovendo não só a leitura, mas propondo que os estudantes produzam seus próprios meios de comunicação e, assim, aprendendo de uma forma participativa.

Soares é jornalista e ainda geógrafo de formação e vem se aproximando da área de educação ambiental pelo viés do campo da educomunicação. O Ministério do Meio Ambiente (MMA) já reconhece esse campo como importante contribuinte para a educação ambiental e tem um programa de política pública sobre o tema (leia mais no blog da equipe gestora).

E aos poucos a educomunicação vai assumindo seus espaço, com educadores ambientais e ongs se identificando com esse nome comprido, que parece tão complicado... mas que, na prática, nada mais é do que muitos já fazem no seu dia-a-dia para promover a consciência ambiental. Uma rádio comunitária, um jornal com os alunos, um blog... todas essas iniciativas não deixam de ser práticas educomunicativas, especialmente se os participantes escrevem, criam, fotografam, filmam e tomam decisões que os coloca diretamente na prática da cidadania.

Parabéns, Ismar. Seu prêmio é inspirador para aqueles que acreditam que educação andam juntos!

1 comentários:

  • Salamar disse...

    Legal a matéria, Débora. Agora, o que vc acha da empresa que promove o prêmio?

 

©Copyright 2011 Educom Verde | TNB