Pular para o conteúdo principal

Consultoria

Como ampliar o diálogo entre comunidades e instituições que tratam de questões socioambientais? Como aumentar a capacidade de expressão de comunidades e contribuir para que acessem cada vez mais informações que realmente façam a diferença pra elas? Como criar produtos midiáticos participativos? Como criar materiais didáticos e páradidáticos que abordam meio ambiente? Como ajudar ongs e seus projetos a pensar a comunicação além da assessoria de imprensa?

São desafios que a Educom Verde e sua rede de pessoas e coletivos propõe para unir educação e comunicação pela sustentabilidade.

Esses desafios estão presentes nas seguintes propostas de consultoria (do planejamento a execução):

Comunicação participativa para ongs e projetos
Diagnóstico e planejamento de comunicação para organizações e projetos socioambientais. A partir desse diagnóstico coletivo, nasce o planejamento com foco em educação ambiental e mobilização social, e em estratégias de divulgação e acesso a informação direcionada para as comunidades envolvidas. Produção de materiais de comunicação de acordo com o foco e a necessidade, incluindo propostas de ferramentas virtuais.


Planos de comunicação social e educação ambiental para obras
Elaboração de planos para licenças de operação e implantação, com indicativo de ações integradas a programas exigidos pelos órgãos fiscalizadores e foco no diálogo entre comunidades e empreendedor. Realização de diagnósticos socioambientais com equipe parceira de profissionais especializados (sociologia, antropologia, economia, educação ambiental). Adequação e monitoramento de programas.

Projetos e oficinas de educomunicação
Planejamento e ações que utilizam metodologias de educomunicação - comunicação comunitária para projetos de educação ambiental e mobilização social. Formação e equipe já capacitada de oficineiros com diversas aptidões midiáticas (sofware livre, video, rádio, impressos) e experiência junto a comunidades tradicionais.

Educação ambiental e comunicação em unidades de conservação 
Diagnóstico e planejamento de comunicação focado na gestão participativa de ucs. Proposição de propostas de projetos temáticos para a abertura de canais de diálogo entre comunidades do entorno e ucs. Metodologia de produção colaborativa de  materiais educativos, para serem construídos com a participação das comunidades no entorno nos processos de construção de planos de manejo, mobilização de conselhos, entre outros.

Eventos de educação ambiental
Organização de encontros, trilhas sensitivas-educativas e programação in company para empresas e eventos voltados para a temática da sustentabilidade.

Meio ambiente e novas tecnologias
Planejamento de mídias sociais virtuais para redes onde a reflexão sobre meio ambiente é o foco, bem como o trabalho colaborativo temático - acompanhamento de grupos de trabalho que precisam produzir materiais e planejamento com temática socioambiental a distância.

Materiais educativos e planos de aula
Planejamento e elaboração de cartilhas, planos de aula, cadernos metodológicos e outros materiais com objetivos sobre temas sócioambientais, em linguagem adequada e projetos gráficos inovadores, que "dialogam" com usuários não habitados a leitura. Criação de materiais específicos para o público empresarial. Apoio na orientação a professores/escolas para utilizar temas socioambientais em seus projetos político-pedagógicos.

Livros-reportagem com relatos de atividades
Planejamento, pesquisa e produção para a documentação de atividades de campo de projetos e programas, com a finalização de relatório na forma de livro-reportagem. Equipe especializada em design, fotografia, impressão e cadeia sustentável de produção - cada publicação é planejada de forma a ter seus impactos reduzidos durante a produção e lançamento.

Postagens mais visitadas deste blog

Desenhos animados ajudam a trabalhar a educação ambiental

Educomunicação é também fazer a leitura crítica da mídia. E tirar dela reflexões para o dia-a-dia, construindo e aumentando o repertório, também, nos eixos temáticos da educação ambiental. A excelente reportagem Faz-de-Conta de Verdade, publicada na revista Página 22, convida a pensar sobre a abordagem ambiental dos desenhos animados, do clássico Bambi a Bee Movie (a abelha inteligente da foto).

Entre os entrevistados da matéria, uma professora da Eastern Illinois University, Robin Murray, as temáticas ligadas à natureza que aparecem em diversos desenhos são, claro, reflexo de nossa cultura atual, onde a problemática ambiental não sai da mídia. Se passam mensagens positivas e fazem efeito sobre a audiência – a garotada e os adultos, que às vezes gostam mais dos desenhos do que as próprias crianças – há controvérsias. Mas muitos educadores acham positivo provocar uma discussão sobre meio ambiente, especialmente com os pequenos, a partir da audição de um desenho animado na escola.

Como o…

Quadrinhos, um jeito divertido de ensinar meio ambiente

A tirinha acima faz parte do projeto Edu HQ, mantido pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, e mantém um acervo com centenas de quadrinhos e pequenas animações, muitas delas feitas por crianças. No item meio ambiente há 173 tirinhas como essa.

Trabalhar com quadrinhos na sala de aula e no dia-a-dia é uma viagem... pois a partir da brincadeira é possível levantar vários pontos: refletir sobre o recurso de linguagem, o humor, a ironia, pesquisar o que o autor quis dizer, o que há por trás da história.

Já para quem é "gente grande", quadrinhos são sempre um respiro no dia-a-dia... e também ajudam a pensar!

Parábola da escola animal

Texto inteligente do filósofo Osho, publicado no blog Palavras de Osho. É para se pensar...

"Um amigo me enviou esta linda história. Eu gostaria que você a conhecesse; ela pode ajudar. A história se intitula "A Escola Animal".

Um dia os animais se reuniram na floresta e decidiram criar uma escola.Havia um coelho, um pássaro, um esquilo, um peixe e uma enguia, e eles formaram uma Diretoria.

O coelho insistiu na inclusão da corrida no currículo. O pássaro insistiu na inclusão do voo no currículo. O peixe insistiu na inclusão da natação no currículo. E o esquilo disse que a subida perpendicular em árvores era absolutamente necessária ao currículo.

Eles juntaram todas essas coisas e escreveram um roteiro do currículo. Então insistiram em que todos os animais aprendessem todas as matérias.

O coelho, embora tirasse um "A" em corrida, teve uma enorme dificuldade em subida perpendicular em árvores. Ele sempre caía de costas. Logo ele teve um tipo de dano cerebral e não …